11 de novembro de 2010

Crítica: Metallica "Six Feet Down Under"


EP com gravação feita pela plateia é um presente da banda para fãs australianos.
Imagem: Divulgação.


É óbvio que a essa altura do campeonato você, caro leitor, barata leitora (plagiando José Roberto Torero), já deve saber que o Metallica confirmou que vem ao Brasil para o Rock in Rio (lá mesmo!) do ano que vem.

Claro que eu ia ter que falar disso aqui no blogzinho. E, como sou um ótimo jornalista, peguei o "gancho" do lançamento do EP "Six Feet Down Under", para avisar para quem esteve em Marte nos últimos 3 dias, que a banda toca por aqui em setembro de 2011.

Recado dado, vamos ao que (me) interessa. "Six Feet Down Under" foi lançado em setembro na Austrália e Nova Zelândia (vendido no site dos caras ou "fornecido" gratuitamente por aí) para comemorar a turnê do Metallica por lá.

Contendo oito faixas, o EP é um bootleg oficial com gravações feitas pelos fãs da banda entre 1989 e 2004 - na terra dos cangurus, of couse.

O disco abre com "Eye of the Beholder" do "...And Justice For All". Digamos que a qualidade do registro é a mesma que eu fiz lá da arquibancada do Morumbi, no dia 30/01: Péssima. Mas a gravação é de 1989 e a música quase nunca é tocada pelos caras, então, vale a pena.

Na sequência, temos a faixa-título do meu disco preferido do Metallica, "...And Justice For All". A qualidade melhora um pouco e é curioso ouvir as pessoas "conversando" (?) durante a música. Bem bacana.

"Through The Never", gravada em 2003, vale só pelo registro ao vivo (raríssimo) de uma das faixas mais bacanas do clássico (amado e odiado) "Black Album".

"The Unforgiven"- música que ficou de fora do reportório por anos e que voltou a ser tocada recentemente pela banda (inclusive aqui no Brasil) - começa com um dedilhado bacaninha. Depois, temos uma versão sensacional e acústica de "Low Man´s Lyric" do (mais odiado do que amado) "Reload".

E o álbum de 1997 tem mais uma representante: "Devil´s Dance" com Jason Newsted tocando muito!

"Frantic" aparece para representar o controverso "St. Anger". Na versão gravada em 2003, dá pra ouvir um "solinho" de Kirk Hammet no meio da música, provando que dava sim pra encaixar um ou outro solo no álbum (troll detected).

Para encerrar "Six Feet Down Under" em grande estilo, nada melhor que o clássico "Fight Fire With Fire" tocado tão rápido e alto que até Cliff Burton diria: "'tallica gives you heavy, Baby!"
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.