16 de maio de 2010

Crítica: "A Hora do Pesadelo"



Refilmagem do clássico de Wes Craven deixa a desejar.
Foto: Divulgação.

Quando um estúdio resolve fazer uma refilmagem, sempre torço o nariz e penso: "vem uma bomba por aí!". A enxurrada de filmes de terror "recauchutados", colabora para o meu pensamento: só veio bomba!

"A Hora do Pesadelo", que estreou dia 7 nos cinemas, talvez esteja entre as piores refilmagens que já vi. Nem "O Massacre da Serra Elétrica", nem o terrível "Psicose" do século 20, parecem "ganhar" desse filme dirigido por Samuel Bayer, conhecido diretor de videoclipes como "Until it Sleeps", do Metallica, e "Smells Like Teen Spirit", do Nirvana.

"A Hora do Pesadelo" em sua nova versã, traz a origem do personagem Freddy Krueger (Jackie Earle Haley, de "Watchmen"), jardineiro assassinado pelos pais de crianças que teriam sido abusadas por ele.

Querendo vingança, Krueger volta para atormentar os jovens durante o sono. A primeira vítima na pacata cidade de Springwood faz com que os outros adolescentes comecem a conversar sobre os sonhos que vem tendo. E dá-lhe interpretações pífias.

O visual do vilão me lembra aqueles bonecos de massinha que eu fazia no jardim da infância. O Freddy de Robert Englund assustava mais. E a voz gutural? Nem Max Cavaleira faria pior...O roteiro, nas mãos da dupla Wesley Strick ("Doom") e do novato Eric Heisserer, não explica muita coisa, embora preste algumas homenagens ao original de Wes Craven.

Um ponto positivo: a trilha sonora encaixou muito bem nas cenas de suspense (sim, há suspense), mas é só Freddy Krueger aparecer que a tensão termina. Enfim, "A Hora do Pesadelo" de Samuel Bayer desperdiça o talento de Jackie Earle Haley e o seu (meu) tempo no cinema. Fuja!

Nota do blog: 4


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

3 comentários:

Anônimo disse...

Sua velha amiga assistiu no cinema a primeira versão(lembro-me de uma ponta do Johnny Depp,aiai),e não pretendo perder meu tempo com mais um remake de m...


Bjs *;)

Mulher Super Sapiens disse...

Eu realmente não sou fã de remakes, não só dos de terror, mas de todo e qualquer gênero, dificilmente algum fica tão legal qto o orginal. Eu tive o desprazer de ver o remake do Massacre da Serra Elétrica, e terminei achando que eu devia ser alguma doida, pq chorei de tanto rir com as cenas toscas. kkkkkk, aliás, filmes de terror não me apetecem o coração :P

Gostei do seu blog!

Bjocas :**

Anderson Silva disse...

O Massacre da Serra Elétrica é o "menos pior" deles. Obrigado pela visita!

Fany, foi o primeiro filme do Johnny Depp!

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.